Categoria: Imagens

27
abr
2016

Aí cê me quebra

Aviso aos navegantes; Diga não a punheta completada…
O problema é que sou dependente mô fiu, E aê, meu rei!?
pulheteiro Aí cê me quebra

23
abr
2016

Como reconhecer uma piriguete

-Colé, meu bródi!

-Diga aê, disgraça!

-Cê tá ligado qui cê é minha corrente, me ajude numa duvida que tô, acho que tô amarrado numa piriqueti e tô com medo, negão! me diz aí como reconhecer uma piriguete, misera!

–  Reconhecer uma piriguete!?  kkkkkkkkkkkkkk  Sabe de nada inocente.

periguete 004 Como reconhecer uma piriguete

21
abr
2016

Construindo uma casa resistente a terremotos

São mais de 1,3 milhão de abalos sísmicos de magnitudes variadas fazem nosso mundo tremer todos os anos, destruindo casas e modificando a paisagem de cidades ao redor do globo.

Pesando nisso apresento uma forma caseira, barata e alem de tudo “ecologicamente correta”.

construção anti terremoto Construindo uma casa resistente a terremotos

18
abr
2016

3 taças depois

Vendo o projeto do fotógrafo paulista, o Marcos Alberti, que fotografou amigos depois de uma, duas e três taças de vinho, comparando a diferença. O que era uma brincadeira, a princípio, se transformou no projeto  “3 taças depois”.
A primeira foto sempre era feita assim que os convidados chegavam no estúdio, com o objetivo de retratar o estresse do trânsito ou o cansaço de um dia cheio. Só então começavam os trabalhos. Ao fim de cada taça, um novo clique.
O resultado é extremamente divertido e revela sorrisos maravilhosos, de pessoas que se apresentam muito mais livres e “desarmadas” já depois da segunda taça.

Então resolvi chama minha amiga depina pra ver como ela estaria na terceira taça e foi um loucura, muito FAP, que delicia cara, já estou pensando em fazer com vodka (Piriqueti que quiser pode mandar fotos pra seleção [email protected]), confira o resultado do meu projeto e veja o projeto completo e sensacional do  Marcos Alberti  no site do fotógrafo.

depois de 3 taças de vinho 3 taças depois