logo-site

Antes de tudo, #sexo oral #ADOOOOORO 

Homens no mundo fazem menos sexo oral, mas isso não inclui os brasileiros

Diversas pesquisas são realizadas pelo mundo sobre uma prática comum: o sexo oral. Entre as descobertas mais recentes sobre o tema, tem aumentado o número de pessoas que pratica sexo oral. Porém, alguns estudos estrangeiros mostram uma desigualdade de gênero: os homens fazem menos e recebem mais do que as mulheres.


No Brasil, os dados disponíveis revelam um cenário diferente do das pesquisas estrangeiras, já que os resultados apontam para mais igualdade na prática, com uma atuação ligeiramente maior da população masculina.
No levantamento chamado Mosaico 2.0, com três mil participantes entre 18 e 70 anos, divulgado este ano, 82,4% dos homens afirmaram fazer sexo oral em comparação a 77,6% das mulheres.

Chupar uma bucetinha é bom de mais  

Um boêmio amante de mulher, uma boa destilada e um bom papo de buteco.
Sofre de síndrome de geminiano (quem é de Gêmeos sabe).
Odeia confusão e fuxico.
Frase: “Lasquei em banda!”. (ou “Lasquei em Cruz”)
Gostou do Post? Compartilhe: